Expressionismo Alemão no cinema

Este movimento artístico do início do século XX não é composto apenas de pinturas e esculturas, como O Grito, de Edvard Munch. O cinema, ainda engatinhando na tecnologia, produziu obras conceituadas e reconhecidas até os dias de hoje, que mostram através da atuação exagerada, maquiagens extravagantes e cenários distorcidos, as características exatas do Expressionismo. O silêncio e os tons de preto e branco, não são meras limitações das películas da época; acabam tornando-se parte do conjunto. As turmas de 8º ano estudaram um pouco das artes mais conhecidas há algumas semanas atrás. Hoje, trago abaixo dois exemplos clássicos do cinema expressionista.

O Gabinete do Dr. Caligari

Nosferatu

Data de lançamento: 17 de fevereiro de 1922 (Haia)
Idiomas: Língua inglesa, Língua alemã

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s