Barroco Brasileiro

O Barroco no Brasil teve início no final do século XVII. No país, essa tendência artística teve grande destaque na arquitetura, escultura, pintura e literatura. Influenciado pelo Barroco português, este estilo se desenvolveu durante o período colonial, no chamado “século de ouro”.

Características:

– linguagem dramática;

– racionalismo;

– exagero e rebuscamento;

– união do religioso e do profano;

– valorização dos detalhes.

No Brasil, o Barroco é destaque em igrejas pelo país. O objetivo era propagar o catolicismo e reafirmar o poder da igreja. Por isso, as obras ostentavam decorações exageradas e grandiosas. Por fora, encontramos decorações com muitas volutas (espirais) e imagens de santos. Por dentro, muitas esculturas de santos e contando a vida de cristo, normalmente feitas em madeira e pintadas à mão. Outro grande destaque é o uso das folhas de ouro, iluminando ainda mais o altar, dando a sensação de se estar em um lugar divino.

Embora existam exemplos de igrejas barrocas em vários estados brasileiros, as de maior destaque são as mineiras; fonte do ouro utilizado nas decorações internas.

Dois dos artistas mais importantes neste período e região são:

  • Aleijadinho (Antônio Francisco Lisboa) – Ouro Preto, 1730 – 1814. Foi escultor, entalhador e arquiteto. Suas principais obras são a Igreja de São Francisco de Assis e o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos. É considerado o maior expoente da arte colonial do Brasil. Dentre as características de suas obras estão: excesso de informações, expressividade e irregularidade, inspiração religiosa, riqueza de materiais e formas. É bastante famoso por suas esculturas de madeira em tamanho real representando a Via Crucis (o caminho de Jesus Cristo até a crucificação) e estátuas em pedra de alguns profetas na cidade de Congonhas. Em torno dele se criou diversos mitos sobre suas condições de saúde. O certo é que é reconhecido no estrangeiro como o maior proeminente do Barroco das Américas.
  • Mestre Ataíde (Manuel da Costa Ataíde) – Mariana, 1762 – 1830. Foi pintor e decorador, e usava cores vivas em seus trabalhos. Teve grande influência sobre os pintores da região, tendo vários alunos e seguidores. Foi parceiro de Aleijadinho nas construções e decorações de igrejas e é considerado um divisor de águas na história da pintura brasileira.

Outro artista reconhecido na época foi Mestre Valentim. Ele nasceu na cidade de Serro, em Minas Gerais, em 1745. Alguns autores dizem que, em 1748, seu pai o levou a Portugal e lá se formou artista. Voltou ao Brasil em 1770 e se estabeleceu no Rio de Janeiro, onde estão seus reconhecidos trabalhos. Um diferencial de Valentim para os outros mestre mineiros, foi a abrangência do seu trabalho. Ou seja, além de esculturas para igrejas cariocas, ele também foi um importante urbanista para a cidade, tendo deixado seu legado até os dias de hoje. Algumas de suas principais obras são o Chafariz das Saracuras (obelisco sobre uma bacia de granito com 4 saracuras de bronze), o Chafariz do Carmo, o Passeio Público (parque no centro da cidade, ao lado da Cinelândia), o Chafariz das Marrecas (um arco de pedras com um conjunto de patos de bronze e duas figuras mitológicas – a Ninfa Eco e Narciso estão hoje no acervo artístico do Jardim Botânico do Rio de Janeiro) e os lampadários (“lustres”) de prata do Mosteiro de São Bento. Todas essas obras podem ser vistas em um passeio pelo Rio de Janeiro.

As igrejas no Rio de Janeiro preservam algumas características do Barroco, embora muitas tenham um estilo eclético criadas nos anos posteriores. Entretanto, um exemplar de onde sobraram apenas algumas peças decorativas em madeira e folha de ouro (atribuídas ao Mestre Valentim), foi a Igreja de São Pedro dos Clérigos (já demolida).

Fontes da pesquisa:

Site Toda Matéria

Wikipédia (links ao longo do texto)

Imagens encontradas no Google.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s